quinta-feira, 11 de junho de 2009

PARE DE RECLAMAR! SEJA CRIATIVO!

Um cachorrinho, perdido na selva, procurando um meio de voltar para casa, de repente vê um tigre correndo em sua direção.
Olha para um lado, para o outro, vê uns ossos no chão, pensa rápido e se põe a mordê-los.
Então, quando o tigre está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz:
- Ah, que delícia este tigre que acabo de comer!
O tigre pára bruscamente e sai apavorado correndo do cachorrinho, e no caminho vai pensando:
"Por essa eu não esperava! Vai que esse cão bravo resolva me comer também?".
Um macaquinho bem sacana, ao ver a cena, não pensa duas vezes: sai correndo atrás do tigre e conta como ele havia sido enganado.
O tigre, furioso, diz: - Cachorro maldito! Vai me pagar! E volta ao ataque contra o cãozinho.
O cachorrinho vê que o tigre vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas. "Ah, macaco traidor! O que faço agora?", pensou.
Novamente pensou rápido, e em vez de sair correndo, ficou de costas,como se não estivesse vendo nada. Quando o tigre está a ponto de atacá-lo de novo, disse, como se estivesse impaciente:
- Macaco preguiçoso! Faz meia hora que eu o mandei me trazer outro tigre e ele ainda não voltou!
Novamente o tigre freou rapidamente e tratou de fugir, mas não demorou muito para descarregar toda a sua fúria para cima do macaquinho, que tratou de fugir e nunca mais brincou com o cachorro ou fez fofocas.
Esta é uma história antiga, que me foi contada em um dos vários cursos de Programação Neuro-Linguistica que fiz com o meu Mestre Pe. José Osvaldo Nunes, o falecido e sempre lembrado "Zé Ó", e que sempre traz grandes lições para minha vida (e pode trazer para a sua também).
Todos nós passamos por momentos difíceis, por crises, dificuldades. A grande pergunta é: Como fazemos para sair destes momentos, melhor do que estávamos antes?
Vivemos um período em que a necessidade de ser criativo é imperiosa, principalmente se levarmos em conta que muitas pessoas preferem nos deixar pra baixo (como o macaquinho) diante dos problemas (os tigres).
Assim como o cachorrinho, que usou a criatividade de maneira rápida e através de sua imaginação escapou de ser devorado pelo leão, hoje pessoas que têm, além da formação, também um bom grau de imaginação são as mais requisitadas para atuar em qualquer ramo. Estas pessoas não "sentam e choram"! Elas "pensam rápido" e procuram logo uma solução para o problema.
Estas pessoas sempre estão no topo quando o assunto é "passar" por uma crise, mesmo que muitas vezes sejam desacreditadas pelos "entendidos", pelos "intelectuais", mesmo porque estes tentam sempre apenas confirmar suas crenças, arraigadas nos bancos de sua formação ou com base na tradição adquirida em tempos de outrora que "quebrar" o círculo vicioso em que entraram (veja como exemplo alguns economistas-políticos, que nunca vêem seus "planos" darem certo, mas insistem em criticar os que funcionam, porque não foi bolado por alguém com a mesma formação).

Em que grupo você está?
• Uma equipe pintava uma igreja no interior de São Paulo. A tinta acabou quando a parte exterior estava quase concluída (ficou a parte da frente e a torre). Pior, a cor escolhida não seria mais fabricada (dava pouca venda). Um grupo resolveu fazer uma espécie de propaganda para explicar à população que teriam que mudar a pintura, mas isso levaria muito tempo, pois não havia dinheiro para refazer todo o trabalho "Por causa do desejo de lucro de empresários, nossa igreja vai ter que ficar assim por anos!", explicavam ao povo. A igreja ficaria pintada pela metade até que uma nova quermesse arrecadasse fundos para a pintura nova.
Um jovem da Pastoral da Juventude, no entanto, reuniu o seu grupo e deu uma idéia: Todos escreveriam cartas para a empresa fabricante da tinta, com elogios à qualidade do produto e expressando o desejo de continuar a pintura da igreja com as tintas fabricadas por ela, mas que combinassem com a já colocada nas paredes. Na mesma carta, pediam sugestões de como continuar o trabalho, já que na fábrica com certeza havia engenheiros e técnicos capazes de dar uma saída. Em menos de uma semana, receberam uma resposta da empresa, com três projetos de nova pintura, sendo que um deles usava outra cor para combinar com a já existente. A igreja ficaria com duas cores externas, mas uma parte frontal bem destacada, com cor que combinava com as paredes já pintadas. Outra cor foi sugerida a parte interior do templo.
Agradeceram a sugestão e receberam, em seguida, toda a tinta necessária para terminar o trabalho como presente da empresa que, claro, também fez o seu marketing.
O padre adorou a idéia, e a igreja teve o serviço concluído (ainda que sob protestos dos "entendidos", que insistiam na idéia da quermesse).
E se fosse você? Reclamaria da situação, insistiria nas soluções conhecidas ou tentaria novas saídas?
Não importa qual seja a área. Se você pensa como o cachorrinho, sairá muito mais rápido das situações embaraçosas que outras pessoas.
Outros Exemplos:
• Enquanto dezenas de empresas choram por conta da "Crise Econômica", outras compram ações das concorrentes, e crescem a patamares sempre mais altos.
• Enquanto economistas apontam "recessão técnica" no Brasil, pesquisas informam que a população tem consumido cada vez mais, principalmente produtos que trazem em seu bojo a preocupação com o social, o meio-ambiente e a qualidade de vida das pessoas.
• Enquanto alguns produtores reclamam que o governo deveria diminuir o ímpeto pela proteção ao meio-ambiente, diminuir impostos, etc... os pequenos produtores de orgânicos (que já atuam de maneira sustentável e com cuidados pela natureza e investem na exportação, mesmo com altos custos) estão enriquecendo.
• Empresas industriais e comerciais que insistem em agir contra a lei, ou em sonegar impostos, acabam quebrando. Empresas do mesmo gênero que procuram alternativas e mantém em dia as suas obrigações, têm sempre os melhores clientes. Como exemplo disso, donos de bares em cidades pequenas reclamam quando surgem portarias de juizado impedindo que menores consumam bebidas ou fiquem nas ruas. Estes empresário acham que sem os jovens não há lucro. No entanto, os bares e restaurantes mais movimentados são exatamente os que pedem documentos aos consumidores quando se desconfia da idade... O investimento principal está no serviço e nas atrações (shows, comida de boa qualidade, atendimento...).

Pense... Como você age quando surgem dificuldades em sua casa, em seu emprego, em sua escola, em sua empresa... Reclama, fica resignado, culpa os outros ou procura uma saída diferente?

"EM MOMENTOS DE CRISE, SÓ A IMAGINAÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO" (administradores.com).

Minha querida alma, seja fonte de criatividade e coragem de ousar".

Veja também: CRISE? OUSADIA RESOLVE!

2 comentários:

  1. Puxa! Esta história do cachorrinho me fez dar tratos a bola. É assim mesmo que devia ser.
    Gostei.

    ResponderExcluir
  2. Pow, cara! pancada este post. Mto bom.

    ResponderExcluir

Translate

POSTS MAIS RECENTES NO SEU EMAIL - CADASTRE-SE!