quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

PARA APRENDER... É SÓ FAZER!

Lembro-me que quando comecei a tocar violão, minha mãe chegou em casa no auge da barulhada. O som totalmente dissonante das cordas mal apertadas e as tentativas de combinar voz com acorde produziam uma desesperadora sinfonia.
"O que é isso?", Ela gritou.
"Tô tocando violão", respondi na hora!
A minha querida genitora não teve dúvidas. "Tocando coisa nenhuma, filho. Isso é um barulho infernal. Mas, tudo bem se você está aprendendo...".
Não prestei muita atenção no que mamãe falou naquele momento. Para mim, eu estava tocando violão e pronto!
Hoje, vejo que esta foi uma das poucas vezes em que eu estava certo em minha atitude. Quando você começa a fazer algo, muita gente chama de "aprender a fazer". O problema é que um bocado de pessoas neste mundo está "aprendendo a fazer" e nunca "faz".
O aprendizado nada mais é que fazer em grau menor o que pessoas que já tem experiência em algo o fazem com maestria. Quando você estuda matemática, não está apenas "aprendendo a fazer matemática", mas desenvolvendo algumas fases da matéria pelas quais o seu professor também passou.
Quando um bebê está engatinhando, ninguém diz que ele "está aprendendo a engatinhar". E quando dá os primeiros passinhos já gritamos: "Que fofo! Já está andando".
O bebê é um exemplo clássico que, na verdade, não aprendemos nada para depois fazer. O que acontece de fato é que só aprendemos fazendo! "Aprender a fazer" é o que se passa em nossa vida na maior parte do tempo em que estamos na escola. Teorias e mais teorias, e pouca prática (talvez por isso é que depois esqueçamos 90% do que estudamos).
No entanto, estas teorias nos ajudam a iniciar nossa vida prática. Com o que aprendemos, escolhemos o caminho que queremos seguir profissionalmente ou na vida pessoal. Só não dá para continuar com as teorias: é hora de meter a mão na massa, partir para a prática. Até mesmo o mais cerebral dos cientistas só consegue chegar a novas descobertas quando FAZ experiências, combina elementos, analisa dados. Ele não fica parado "aprendendo" como descobrir novos remédios, novos produtos, novos combustíveis, etc...
Estamos em dezembro. Um novo ano está chegando, e muita gente já começa  a desejar novos rumos, muito sucesso, saúde, bençãos... Quase ninguém diz o que vai fazer para conseguir tudo isso. Quando perguntados porque, simplesmente respondem: É que ainda não sei! Esta é uma deixa para que todos entendam: "preciso aprender primeiro".
Quer uma dica? Faça, e quando você menos esperar, já aprendeu!
Comece com qualquer passo, inicie com qualquer ato! Corra atrás do seu sonho!
Você não precisa ler alguns livros para saber como iniciar o seu caminho, porque isso você já sabe! Só precisa se mexer. No entanto, bons livros podem ser utilizados como guia para o melhor percurso. 
Livros de auto-ajuda, por exemplo, não "ensinam como buscar a felicidade", mas servem como valiosos mapas para criar novos paradigmas, te orientar na busca do que você já sabe que quer. Aproveite-os desta forma e aí, sim, logo você se transformará em um "expert".
Que tal começar agora, hein?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

POSTS MAIS RECENTES NO SEU EMAIL - CADASTRE-SE!