terça-feira, 13 de julho de 2010

O QUE É PNL

Sem dúvida, as perguntas que eu mais respondo em e-mails estão relacionadas ao que significa e o que faz a PNL  -  Programação Neurolinguistica.
Claro que envio respostas técnicas, que por mais simples que sejam acabam se tornando enfadonhas.
Então, resolvi contar esta pequena história, que ouvi num dos cursos dos quais participei quando estava em formação nesta área tão fascinante.

"O garotinho chega até a mãe, depois de ouvir uma longa conversa entre o pai e o seu patrão sobre a Programação Neurolinguistica..
- Mamãe, o que é PNL? - perguntou, curioso.
- Já a mamãe responde, filho. Me faz um favor antes? Vá até o seu avô e pergunte como está o nervo ciático dele.
O garoto foi imediatamente até onde estava o avô e fez a pergunta que a mãe ordenara.
O velho fez uma careta de dor, se mexeu no sofá, e respondeu: - Cada vez pior, meu neto. Sinto pontadas o tempo todo, não consigo nem sentar e nem andar direito, e isso fica pior ainda quando está frio. Puxa, que sofrimento! - disse, com um olhar triste.
O garoto deixou o avô, que ficou ali, gemendo.
- Pronto, mamãe, o vovô disse que não está muito bem. Mas o que é PNL?
- Espera, fiho. Volte lá e pergunte para seu avô qual foi a coisa mais engraçada que você já fez.
O garotão, lépido, voltou à sala da TV. - Vovô, qual foi a coisa mais engraçada que eu já fiz?
Passou uma espécie de raio de luz pelo rosto do velho. - Ah, foi muito engraçado quando a gente estava num parque, tomando sorvete, e você começou a se lambuzar todo porque cada vez que se sujava ouvia as pessoas dizerem que você era muito fofo. Então um homem que estava perto disse que você devia parar de se lambuzar, lembra? Você respondeu: "Se voxe xe lambujaxi qui nem eu, num tinha essa cara feia"!. - E o velho gargalhou. Ficou, depois, lembrando outras estrepolias do neto querido.
- Pronto, mãe... - disse o garoto após o retorno à cozinha - E aí, vai responder minha pergunta?
- Você mesmo já viu, filho. E você fez PNL agora.
- Como é que é?
- Quando você perguntou ao seu avô sobre seus problemas, ele entrou no jogo e agiu como um doente: arqueou o corpo, começou a gemer, fez cara triste. Quando você perguntou sobre coisas engraçadas que você fez, ele esqueceu da doença e endireitou o corpo, sorriu, buscou lembranças boas...Isso é PNL: Saber que cada um tem seu mundo, e conduzí-los sempre a viver no melhor de suas experiências.
O garoto decidiu então que a partir daquele momento iria procurar sempre pensar em coisas boas, e que tomaria muito cuidado com o que falaria para as pessoas que amava".

------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

POSTS MAIS RECENTES NO SEU EMAIL - CADASTRE-SE!