quarta-feira, 7 de março de 2012

PRIMEIRO NA MENTE... DEPOIS NO EXTERIOR

Você sabia que tudo o que você tem e tudo o que existe na face da terra foram criados primeiro na mente (na sua ou na de alguém)?
Não é dificil comprovar isso. Pegue qualquer objeto que esteja em sua mesa, no seu quarto, na sua sala, na cozinha... Seja o que for que você tenha escolhido, pra que ele existisse primeiro alguém o imaginou, depois o fez. Um prato, um copo, uma caneta, um caderno, o mais avançado computador... tudo é fruto da imaginação de seus criadores.
Ou seja, tudo neste mundo é criado duas vezes: primeiro na mente, e depois no exterior.
Da mesma forma, as coisas que acontecem conosco, nossos sentimentos, medos ou sucesso, primeiro precisam ser criadas por nossos pensamentos, antes de se concretizarem. Nenhum acontecimento surge "do nada". Nenhuma forma de sentimento, negativo ou positivo, nenhuma forma de ganhar dinheiro, nenhuma conquista... tudo tem um "Criador": Você!
Muitas pessoas se perguntam porque não conseguem alcançar determinados objetivos, e em alguns casos até tentam culpar fatores externos por seus fracassos. No entanto, se parassem um pouquinho para pensar, descobririam que elas próprias criam barreiras, preconceitos e dificuldades várias, baseadas em crenças negativas, que as impedem de crescer.
Ex: Uma pessoa vive afirmando aos amigos que "um dia" será rica, terá o dinheiro que quiser e comprará o que lhe estiver ao alcance. Este pensamento até poderia fazer com que ela conseguisse o que deseja, pois de certa forma estaria criando o dinheiro que ela quer ganhar, ainda que não muito específico (em outro texto falarei sobre isso). No entanto, junto com o desejo de ficar rica, esta pessoa também afirma para si mesma que "dinheiro é sujo", que "ricos são egoístas", que "neste pais só enriquece quem rouba", de que "dinheiro não traz felicidade"... Junte-se a isso um sentimento religioso forte e o desejo de nunca ser visto por "seus irmãos" como alguém tão ruim assim, e o que acontece? "Prefiro ser pobre"! Está criado o mundo de constante necessidade desta pessoa.
E aquelas que sempre reclamam não ter as oportunidades que merecem na empresa onde atuam, mas sempre que têm a chance de apresentar um trabalho que mostre o seu real valor "amarelam"? Muitas delas já criaram a imagem de que "faça o que quiser, só alguns privilegiados (e ela não é um deles) ganharão a promoção".
Preparou aquela aula para seus alunos e ao chegar na sala não conseguiu desenvolver tudo que tinha planejado? Que tal relembrar dos medos que surgiram em sua mente no trajeto da sua casa à escola, e analisar se as imagens, palavras e sentimentos que lhe vieram não foram os mesmos que lhe acometeram durante o trabalho?
Criamos o sucesso, criamos o fracasso, criamos a alegria, a tristeza, a pobreza, a riqueza... criamos tudo em nossa mente! Então, vamos usar essa capacidade criadora para fazer coisas positivas, coisas boas!
Acha difícil?
É tudo uma questão de treino! A repetição é a alma da perfeição.
Se um esportista quer ficar musculoso, vai fazer uma série de repetições para alcançar o resultado que deseja, e vai melhorar ainda mais com as séries seguintes. Um lutador repete os golpes que irá utilizar por várias vezes até que o movimento se torne natural. Um cantor irá repetir determinada música várias vezes até cantá-la com perfeição e sem a necessidade de apoios. Alguém que deseja aprender um novo idioma só se tornará expert conversando nesta lingua com outras pessoas, ou pelo menos treinando várias vezes durante o curso.
Ora! Se você repete para si mesmo(a), todos os dias, que não consegue fazer algo, que não é atraente, que não tem capacidade ou que fica nervoso(a), com raiva, triste, etc... diante de determinadas situações, com certeza se tornará um "craque em fracassos". Inverta a situação. Treine todos os dias fazer afirmações positivas sobre os seus desejos, e sobre sua capacidade de alcança-los.

Falando nisso, me lembrei de uma vez em que participei de um concurso de canções católicas, no Festival da Canção Libertadora (FECALI), um grande sucesso de público de minha época de Pastoral da Juventude na região de Presidente Prudente-SP. 
Após compor a música "Tantas propagandas vãs", passei a praticar, depois de cada ensaio, o pensamento de ser premiado com ela. Imaginei toda a cena do locutor anunciando o vencedor (e era fácil pensar nisso porque eu já sabia quem iria desempenhar esta função), fazendo um suspense danado... até gritar o nome da música. Imaginei a galera comemorando, as pessoas me cumprimentando... 
E tudo saiu como eu desejei!!! Fiquei com o terceiro lugar, num concurso com 28 participações.
Nota: Durante minhas visualizações eu até queria pensar no Primeiro Lugar, mas simplesmente não conseguia! Só me via com a terceira posição. Pensava que pedir isto era "abusar do poder de Deus". Bem.. pode apostar que aprendi a lição! 
Outro Detalhe: Pra piorar, uma música do Ultraje a Rigor fazia muito sucesso na época, com o refrão: "Terceiro! Terceiro! Pra mim tá louco de bom!"...Ela estava sempre em minha cabeça. rsrsrs.

Se surgir algum pensamento negativo, saiba que é apenas um dos "lados" de sua personalidade, que viveu e aprendeu muitas coisas na infância, tentando te proteger das decepções evitando enfrentar as situações que se apresentam. Treine dizer a este "lado", que não quer o seu mal, mas defendê-lo com base em crenças limitantes, que você o entende, o acolhe, mas que já é bem grandinho(a) para tomar decisões diferentes, que o levem ao crescimento.
O mundo que você vive é o mundo que você cria! Reinvente o seu mundo e seja feliz!

"Minha querida alma, seja fonte de positividade, coragem e criatividade"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

POSTS MAIS RECENTES NO SEU EMAIL - CADASTRE-SE!