sábado, 13 de dezembro de 2008

O PODER DE UM SIMPLES SORRISO - SAIA DA SOLIDÃO

Amigos e irmãos de caminhada, cá estamos para mais uma reflexão mensal...
Vai chegando o fim de ano, e também vem alguns jovens (jovens de todas as idades, aliás, inclusive de 50, 60 anos...) procurar alguma dica para não passar essa data na solidão. Chega a ser incrível o grande número de pessoas que, nestas datas festivas de Natal e de passagem de ano, estão sós. E quando falo isso não estou citando apenas a falta de "alguém", de um amor, de um romance, mas também de amigos, de pessoas para rir junto, contar piadas, dividir a taça de vinho, o copo de cerveja.
São exatamente estas que tentam, muitas vezes, desvirtuar o valor da festa, e sempre vem com aquele velho papo de "Não sei porque... nestas datas eu fico tão deprimido (a)...".
Ora, se analisarmos bem, realmente é triste! Pense: Todo mundo, pobre ou rico, velho ou novo, homem ou mulher, está de alguma forma se divertindo, recebendo presentes, trocando sorrisos. E o cidadão, ou cidadã, está lá, só, tomando sua cerveja ou refrigerante, ou mesmo em casa, assistindo ao show do Roberto Carlos ou o da Virada, porque não tem um convite para um agito, não tem um "amigo secreto" pra participar, uma ceia pra ir...
A questão é que tudo isso está acontecendo por um único motivo: suas escolhas durante todo o ano.
Pergunto, em geral, para as pessoas que me procuram:
- Você considerou mais importante fazer o que no decorrer do ano (trabalho, lucro, comprar aquele carro, ou aproveitar os momentos de folga para um passeio, bater um papo com os conhecidos...)?
- Quando você foi convidado para algum evento, por mais singelo que fosse, e mesmo algum que você não gostasse muito, o que fez? (aceitou o convite? disse que tinha compromisso? falou que estava atolado de trabalho? ou ainda falou que não era o tipo de festa que gostava?)
- Quando você ia a algum bar ou evento, e via algum conhecido ou mesmo alguém que lhe interessava, qual era a sua atitude? (ia até eles para cumprimentá-los (no caso de conhecidos)?, oferecia uma bebida ou algo que o valha (para quem lhe interessava)?
Não é difícil adivinhar quais eram as respostas, não é?
Se você é daqueles que se sente só, com certeza as posturas negativas, e não as positivas, foram as mais desempenhadas neste ano.
Fica difícil convidar para uma festa alguém que vive dizendo que está atolado de trabalho, que não tem tempo pra nada, que não gosta de muvuca...etc.. não é? Você convidaria?
Fica complicado querer conversar com alguém que se afasta, que prefere "ficar na boa", que sempre que alguém se aproxima finge que está ao celular.
Logo, não reclame se você tem essas manias e agora não sabe o que fazer no fim de ano por não ter quem lhe acompanhe.
Porém, tudo isso tem cura! Ah, se tem! E pode acontecer exatamente nas festas!

Um simples sorriso
A dica é a mais singela do mundo, a coisa mais fácil de fazer (a não ser que você tenha uma doença grave que lhe impeça de movimentar os músculos do rosto). Basta um sorriso!
- Quando sair para a rua, encontre quem você encontrar, distribua sorrisos. Se estiver perto, aproveite para dar um bom dia, um boa tarde, um boa noite... Se estiver longe, dê um jeito de acenar com um sorriso. Não precisa ser algo espalhafatoso: basta um aceno de cabeça, um "olá"!
- Vá ao seu bar preferido. Se não tem um, encontre um que tenha mesas e bastante gente. Sente-se, peça a sua bebida preferida e fique numa posição ereta, firme, de cabeça erguida. Olhe para as pessoas à sua volta. Quando encontrar o olhar de qualquer uma delas, cumprimente de maneira sutil, com um sorriso. Não precisa arreganhar os dentes. Basta "sorrir com olhar", mostrar que aprecia o que está vendo. Isso causa ótimos efeitos.
- Se encontrar algum conhecido no bar ou em algum evento (você pode, por exemplo, comprar ingresso para alguma ceia ou festa da virada. Sempre tem algum, e muitos conhecidos seus podem estar lá), aproxime-se, cumprimente-o e... Sorria! Não espere que essas pessoas venham até você, principalmente se você as manteve afastadas durante todo o ano. Acredite: em 90% das vezes, o convite para sentar-se à mesa dessa turma é liquido e certo. Aí, basta você não ter nenhuma recaída e tratar de aproveitar a chance para se dar a conhecer melhor, e de conhecer os que te cercam.
- Ah... e aquela pessoa especial, que apareceu na festa e fez seu coração bater mais forte? Sorrisos para ela! Mantenha o olhar pronto para receber o dela (ou dele). Quando isso acontecer, sorria e mantenha-se focado em seus olhos. Chegará um momento em que haverá uma espécie de "autorização" pra que vocês se aproximem um do outro, e aí... bem, aí é com você!
Atenção: Por favor, não entenda o "manter o olhar pronto" com aquele "encarar" ostensivo e até mal educado para cima da pessoa, principalmente no caso de você ser um homem interessado numa mulher. Isso pode significar invasão, e não é isso que queremos.
Detalhe: Muita gente diz que não conseguiria agir assim como indico nas linhas acima por serem tímidos. Pois essa idéia está direcionada exatamente aos tímidos! São suaves, não expõem muito, mas vão abrindo caminhos. Aliás, o sorriso é como uma técnica de "abertura de negociação". Se a pessoa que o recebe autorizar, aí você vai lá e trata de se vender.
E se você não fosse tímido, não precisaria destas sugestões!

Para 2009...
Bem, aí estão dicas para você pelo menos buscar estar perto de pessoas, partilhar momentos legais de festa, de confraternização...
Porém, espero que você não precise destes mesmos conselhos no final de 2009.
Que tal mudar sua postura, parar de inventar desculpas e tratar de simplesmente viver a vida com tudo que ela tem de bom?
Cá entre nós... Trabalhar demais, se esconder, evitar contatos, não vão te levar a lugar nenhum e ainda só vão te trazer frustrações.
Não tenha medo de curtir um bom fim de semana, mesmo que numa sexta à noite ou no sábado, num ambiente que você possa ir só, mas que lhe permita encontrar mais gente. Não tenha medo de comprar ingressos para aquele show e convidar alguns conhecidos para ir junto. Trate de sorrir a todo momento.
Acredite: mesmo nos momentos mais difíceis, o sorriso é remédio. Não há depressão que resista!
Muitos sorrisos neste Natal e neste fim de ano. E muitos mais em 2009!

Em tempo: De maneira extraordinária, é possível que neste mês haja um número maior de posts, pois são vários assuntos interessantes que surgem nesta época do ano. Volte a nos visitar e confira!

2 comentários:

  1. Maravilhoso!!! O poder de um simples sorriso faz milagres.

    Parabens Carlão pela sua sensibilidade e excelentes palavras.

    FELIZ ANO TODO!!!

    ResponderExcluir

Translate

POSTS MAIS RECENTES NO SEU EMAIL - CADASTRE-SE!